França, Portugal, Espanha, Inglaterra, Alemanha, Itália, Holanda, Bélgica, Grécia, Suíça,

 


Conheça mais sobre os Penhascos de Moher


Conheça aqui mais sobre os Penhascos de Moher, na Irlanda. Localizados do lado oeste do país, dentro do Burren and Cliffs of Moher Geopark, a 3 horas de carro de Dublin, os Penhascos de Moher são uma das melhores opções de passeios para fazer a partir da capital irlandesa. Por conta da sua impressionante beleza, esse é o ponto turístico natural mais visitado de toda a Irlanda. Os gigantes penhascos tem 214 metros de altura, o que permite ver até as Ilhas de Aran, e eles se estendem por 8 quilometro ao longo do Atlântico.

Penhascos de Moher

História dos Penhascos de Moher

As rochas que compõem os penhascos datam de 300 milhões de anos atrás, quando uma grande quantidade de sedimentos foi carreada por fortes chuvas. Com o tempo e os movimentos da terra, essa massa compactou e se estabeleceu no local dos Penhascos de Moher. Por conta da ação do mar, as rochas vão passando pelo processo de erosão, com isso foram surgindo cavernas marinhas e formações rochosas que ficaram no meio do mar. O nome Moher vem da palavra irlandesa "Mothar", que significa forte arruinado, pois no mesmo local onde existe a Torre Moher, no século 1 AC, havia um forte. O local tem várias lendas antigas famosas, como a da Sereia de Moher e a da Cidade Perdida de Kistiffen, por exemplo. 

História dos Penhascos de Moher

Durante os século 19 e 20, esse local foi muito usado para a extração de pedras utilizadas em construção. Elas eram exportadas para Londres e Liverpool, mas, por conta da Primeira Guerra Mundial, os barcos não podiam circular e as minas acabaram fechando (algumas pequenas reabriram nos anos 60 e continuam funcionando até hoje). Na segunda metade do século 20, a quantidade de turistas que visitava o local cresceu muito, com isso, de 2005 a 2007 foram construídos um centro de visitantes e caminhos para as pessoas andarem, e por isso os impactos sobre a natureza diminuíramAlém da fama pela sua beleza natural, os penhascos e o parque (onde eles foram incluídos em 2011) já apareceram várias vezes na cultura pop, como no filme Harry Potter e o Enigma do Príncipe e no clipe "Runaway", da banda Maroon 5. 

História dos Penhascos de Moher

Passeio nos Penhascos de Moher

Os passeios que saem de Dubin e vão até os penhascos duram aproximadamente 12 horas. A parte da manhã será nos Penhascos de Moher e no Burren and Cliffs of Moher Geopark. Enquanto estiver por lá, aproveite para conhecer algumas das 30 mil aves que existem ali, observe os surfistas droparem grandes ondas, curta a praia, aproveite a vista das 3 plataformas que existem sobre os penhascos, visite as torres O'Brien's e Moher, vá na exposição sobre o penhasco (ela fica no subsolo, dentro centro de visitantes), faça uma boa caminhada pela trilha de 20 km e explore o parque. Nos passeios feitos pelas companhias de turismo, o almoço é na vila de Doorin, um lugar famoso por sua música e pubs tradicionais. Depois, eles vão parar no Corcomroe Abbey, um monastério do século 12, e na vila Kinvara, que fica na costa e é onde está o Castelo Dunguaire. Os ingressos para esse passeio custam 50 libras para os adultos e metade para as crianças. Já os ingressos para entrar no local custam 6 libras para adultos e crianças até 16 anos não pagam. O horário de visitação variam com os meses do ano.

Passeio nos Penhascos de Moher

Não esqueça que o seguro viagem é obrigatório na Europa

Uma informação que é importantíssima para quem está planejando viajar para qualquer destino da Europa é sobre o seguro viagem internacional. Ele é obrigatório para poder viajar para lá. Se quiser saber mais detalhes veja nossa matéria sobre o Seguro Viagem para Europa, com tudo o que você precisa saber sobre o assunto, como funciona e dicas incríveis de como contratar um seguro viagem internacional excelente pelo menor preço. 

Dicas para economizar muito na sua viagem à Europa 

Não deixe de ver também nossa matéria com todas as dicas para economizar muito na Europa. São formas de economizar muito em sua viagem, em tudo o que for fazer. Desde o planejamento da viagem como hospedagem, seguro viagem, passagens, ingressos e transportes, até na hora da viagem com passeios, refeições e compras. Vale a pena conferir pois realmente é possível economizar muito.

Veja outras matérias legais de Dublin:

 
Top