França, Portugal, Espanha, Inglaterra, Alemanha, Itália, Holanda, Bélgica, Grécia, Suíça,

 


Conheça mais o Museu Nacional Húngaro


Conheça aqui mais sobre o Museu Nacional Húngaro. Localizado no distrito VIII, próximo de Inner City, esse é um dos melhores museus de Budapeste e da Hungria, afinal ele guarda a maior coleção de objetos históricos do país. Nessa matéria nós vamos contar um pouco mais sobre o passado e a visita ao Museu Nacional Húngaro.

Museu Nacional Húngaro, Budapeste

História do Museu Nacional Húngaro

O Museu Nacional Húngaro foi criado quando o Conde Ferenc Széchényi doou, em 1802, sua coleção de mais de 15 mil itens (o que incluía livros, mapas, moedas de ouro, pinturas, entre outras coisas) para o uso e beneficio da população da Hungria. A partir de 1807, o Parlamento húngaro pediu para que a população também contribuísse com doações para o novo museu, e ele próprio deu dinheiro para que uma sede pudesse ser construída. O belo prédio neoclássico, feito por Miháli Pollack, começou a ser construído em 1937 e foi terminado dez anos depois. Antes disso, o acervo foi exibido em diversos locais de Budapeste. 

História do Museu Nacional Húngaro

O museu foi importante durante a Guerra de Independência da Hungria, pois a praça que existe na frente da sua faixada foi um dos principais pontos de encontro para os eventos revolucionários. Por conta disso, todo dia 15 de março (um feriado nacional) há uma grande celebração no mesmo local. Na segunda metade do século 19, o acervo ficou tão grande que mais dois museus acabaram sendo criados para abrigar parte dos objetos: o Museu de Artes Aplicadas e o Museu de Belas Artes. Além disso, vários outros museus do país acabaram se filiando ou ficando sob responsabilidade do Museu Nacional Húngaro. Do século 20 para cá, o local passou por algumas reformas para expandir as áreas de exibição.

História do Museu Nacional Húngaro

Visita ao Museu Nacional Húngaro

A exposição permanente do Museu Nacional Húngaro é divida em 6 partes: o Manto da Coroação, Entre Leste e Oeste, a História da Hungria partes 1 e 2, Intelectuais Húngaros e o Lapidário Romano. Essa coleção junta objetos que vão desde as relíquias dos primeiros povos que ocuparam o território onde hoje fica a Hungria, até o fim do comunismo no país. O museu fica aberto de terça a domingo das 10 da manhã até às 6 da noite, e o ingresso para entrar custa 1600 forints húngaros.

Visita ao Museu Nacional Húngaro

Não esqueça que o seguro viagem é obrigatório na Europa

Uma informação que é importantíssima para quem está planejando viajar para qualquer destino da Europa é sobre o seguro viagem internacional. Ele é obrigatório para poder viajar para lá. Se quiser saber mais detalhes veja nossa matéria sobre o Seguro Viagem para Europa, com tudo o que você precisa saber sobre o assunto, como funciona e dicas incríveis de como contratar um seguro viagem internacional excelente pelo menor preço. 

Dicas incríveis para economizar muito na viagem à Europa 

Não deixe de ver também nossa matéria com todas as dicas para economizar muito na Europa. São formas de economizar muito em sua viagem, em tudo o que for fazer. Desde o planejamento da viagem como hospedagem, seguro viagem, passagens, ingressos e transportes, até na hora da viagem com passeios, refeições e compras. Vale a pena conferir pois realmente é possível economizar muito.

Ingressos das atrações de Budapeste mais baratos 

Uma ótima dica para economizar com os passeios e atrações de Budapeste, da Hungria e de toda a Europa, é comprar antes pela Internet, que é sempre mais barato e você economiza tempo fugindo daquelas filas gigantes nas bilheterias de cada atração. Um site muito bom que nós sempre utilizamos é esse Site de Ingressos da Europa que vende ingressos para todos os principais pontos turísticos e passeios das principais cidades europeias. Eles são um dos maiores vendedores de ingressos de passeios e pontos turísticos do mundo, o site está em português e o bom é que você compra todos os seus ingressos da viagem em um único lugar, ao invés de ficar comprando no site de cada atração. É muito mais prático, você tem um atendimento excelente para resolver qualquer problema ou dúvida que tiver e os preços são ótimos e muitas vezes mais barato do que no próprio site da atração. Facilitou bastante nossas viagens e ajudou a economizar um bom tempo sem pegar filas. Se prepare, pois as opções de passeios são enormes e dá vontade de fazer todos. Depois de comprar, você recebe por e-mail o voucher e todas as informações, tudo bem detalhado.

 
Top