França, Portugal, Espanha, Inglaterra, Alemanha, Itália, Holanda, Bélgica, Grécia, Suíça,

 


Dicas sobre o que fazer em Dublin


Confira aqui dicas sobre o que fazer enquanto estiver visitando a cidade de Dublin, na Irlanda. Uma grande cidade com atmosfera de interior, Dublin é um lugar ótimo para aqueles que gostam de conhecer lugares históricos, bonitos, e que, além disso, curtem uma boa bebida. Nessa matéria nós vamos indicar os melhores passeios para você fazer em Dublin e que englobam um pouco de tudo isso.

O que fazer em Dublin, Irlanda

Catedral de São Patrício

Construída entre 1220 e 1260, a Catedral de São Patrício é a maior igreja da Irlanda e recebe cerca de meio milhão de visitantes por ano. Segundo a crença, esse foi o local onde o santo São Patrício batizava os fiéis. Muito bonita por fora e por dentro, ela foi feita de acordo com o estilo gótico, então preste bastante atenção nos detalhes. Uma outra atração dessa igreja, é que pessoas famosas foram enterradas nela, incluindo Jonathan Swift, o autor do livro "As viagens de Gulliver". Os horários de visitação variam de acordo com o dia e a época do ano, e o ingresso para entrar custa 6 libras. Um lugar que não pode ficar fora da lista de o que fazer em Dublin.

Catedral de São Patrício, Dublin

Castelo de Dublin

A maior parte do castelo foi construída e derrubada durante os anos, mas a Record Tower, a parte mais antiga ainda de pé, foi feita no século 13. Além de ter servido como defesa contra os ataques à cidade, o castelo já foi prisão, residencia militar, parte do parlamento, foi onde a rebelião de 1916 teve inicio e também onde a independência irlandesa foi assinada. Hoje ele funciona como local para eventos privados e oficiais do governo, e está aberto para visitação de segunda a sábado das 9:45 às 16:45 e de domingo das 12:00 até às 16:45. Outro lugar que não pode ficar fora da lista de o que fazer em Dublin.

Castelo de Dublin

Kilmainham Gaol

Se você quer conhecer um pouco mais da rica e triste história da Irlanda, uma visita à antiga prisão Kilmainham é imprescindível. Construída no final do século 18, ela foi usada para prender os principais lideres que lutavam pela independência da Irlanda e na guerra civil, como foram os casos de Thomas Francis Meagher, James Connolly e Robert Emmet. Essa prisão ficou conhecida pela severidade com que tratava os detentos (que, até 1881, não eram separados por gênero) e lá aconteceram 14 das 15 execuções da rebelião de 1916. Ela foi fechada em 1924 e hoje funciona como museu e é muito procurada pelos turistas (por isso é sempre bom chegar cedo). Os horários de visita variam com as estações do ano e o ingresso para entrar custa 7 libras para adultos e 3 para crianças.

Kilmainham Gaol, Dublin

Guinness Storehouse

Mesmo que não goste de cerveja, uma visita para Dublin não estará completa se você não for conhecer a sede da Guinness, uma das principais marcas de cerveja do mundo e uma marca registrada da Irlanda. Esse prédio moderno de sete andares onde a visitação ocorre não funciona mais como local de fabricação da famosa cerveja preta, mas lá você vai conhecer, de forma interativa, a história da Guinness, e, no final do tour, vai poder saboreá-la em uma sala com vista panorâmica para a cidade. O local fica aberto todos os dias das 9:30 às 17:00 e o ingresso varia de preço se comprado na internet ou no local (mas em todos os casos a cerveja no final já está inclusa). Um lugar que não pode ficar fora da lista de o que fazer em Dublin para quem gosta de cerveja.

Guinness Storehouse, Dublin

St. Stephen's Green

O St. Stephen's Green é um belo parque público vitoriano ótimo para quem gosta da natureza, de caminhar e de relaxar sem sair da cidade. Mesmo nas épocas mais frias do ano, esse parque continua predominantemente verde e essa é uma das razões de sua fama. Somente no fina do século 19, quando Arthur Guinness (o mesmo da cerveja) comprou o local e o transformou no que é hoje, esse lugar só era frequentado pela elite e por aqueles que moravam em seus arredores. Pelo parque você vai encontrar playgrounds e monumentos em homenagem a algumas das mais importantes figuras da Irlanda.

St. Stephen's Green, Dublin

Grafton Street

Essa rua exclusiva para pedestres é um dos famosos endereços de Dublin. Na Gafton você vai encontrar diversas lojas de sapato, roupas, livros, eletrônicos, cafés e prédios históricos, e por isso ela é uma ótima opção para passear e passar o tempo. Além disso, ao longo dela estão vários artistas de rua e músicos, o que torna o lugar ainda mais agradável.

Grafton Street, Dublin


Catedral da Santíssima Trindade

Fundada em 1030 e reformada em 1172, a Catedral da Santíssima Trintade, também conhecida como Catedral Igreja de Cristo, é uma das mais importantes e impressionantes igrejas de Dublin. Ela está ligada com alguns dos maiores personagens que pertencem ao passado da cidade, como Richard de Clare, também conhecido como Strongbow, que invadiu a Irlanda em 1170, e o santo patrono de Dublin, Laurence O'Toole. Lá dentro você vai achar diversos objetos importantes, como parte do berço de Jesus, e uma grande cripta medieval, por exemplo.


Catedral Igreja de Cristo, Dublin

Parque Phoenix

Com 707 hectares, o Parque Phoenix é o maior parque público de uma capital européia e as pessoas o procuram para relaxar, passear ou praticar algum esporte. Lá dentro você vai encontrar o Castelo Ashtown, o zoológico de Dublin, que foi construído em 1831 e tem mais de 400 animais, residencias do século 18 (incluindo a do embaixador dos EUA e do presidente irlandês), campos de polo e cricket, entre várias outras coisas.

Parque Phoenix, Dublin


Museu Nacional da Irlanda

Na verdade, o Museu Nacional da Irlanda é dividido em 4 temas e prédios diferentes: o de Arqueologia, o de Arte Decorativa e História, o da Vida no Campo e o de História Natural. A entrada de todos eles é grátis, então escolha um ou dois deles que mais te interessarem e os explore.

Museu Nacional da Irlanda, Dublin

Biblioteca Chester Beatty

Esse museu localizado no Castelo de Dublin é considerado um dos mais importantes da Europa. Essa biblioteca tem alguns dos livros e manuscritos mais raros e importantes do mundo, e eles chegam a pertencer até a 2700 anos antes de Cristo. O nome do museu foi dado em homenagem à Alfred Chester Beatty, um colecionador norte-americano que doou toda sua coleção para a Irlanda em 1969, o que incluiu, por exemplo, diferentes escrituras do Alcorão.

Biblioteca Chester Beatty, Dublin

Restaurante Chez Max

Existem dois Chez Max em Dublin, mas ambos tem o mesmo principio: um menu com base francesa (com destaque para os sanduíches e a salada de frango defumado) e bons preços. Um dos restaurantes fica em uma casa georgiana na rua Baggot, e lá dentro, por conta da decoração, você tem a sensação de estar no lado exterior de um terraço. O outro Chez Max fica ao lado da entrada principal do Castelo de Dublin, o que dá um caráter charmoso e antigo ao local. O horário de funcionamento depende do dia da semana e de qual dos estabelecimentos você quer ir, mas os preços são os mesmos e estão na média dos 15 libras.

Restaurante Chez Max, Irlanda

The Tample Bar

É na frente deste famoso pub que todos os turistas tiram suas fotos quando vão para Dublin. Ele tem ótimas músicas ao vivo e uma variedade enorme de cervejas. Além das cervejas nacionais, eles oferecem cervejas de diversos países europeus, tornando-se quase um centro de degustação. Para quem curte uma boa cerveja, este pub é parada obrigatória.

The Temple Bar, Dublin

Não esqueça que o seguro viagem é obrigatório na Europa

Uma informação que é importantíssima para quem está planejando viajar para qualquer destino da Europa é sobre o seguro viagem internacional. Ele é obrigatório para poder viajar para lá. Se quiser saber mais detalhes veja nossa matéria sobre o Seguro Viagem para Europa, com tudo o que você precisa saber sobre o assunto, como funciona e dicas incríveis de como contratar um seguro viagem internacional excelente pelo menor preço. 


Dicas para economizar muito na sua viagem à Europa 

Não deixe de ver também nossa matéria com todas as dicas para economizar muito na Europa. São formas de economizar muito em sua viagem, em tudo o que for fazer. Desde o planejamento da viagem como hospedagem, seguro viagem, passagens, ingressos e transportes, até na hora da viagem com passeios, refeições e compras. Vale a pena conferir pois realmente é possível economizar muito.

Veja outras matérias legais de Dublin:

 
Top