França, Portugal, Espanha, Inglaterra, Alemanha, Itália, Holanda, Bélgica, Grécia, Suíça,

 


Conheça mais sobre o Castelo de Dublin


Conheça aqui mais sobre o Castelo de Dublin. Localizado na Rua Dame, no distrito Dublin 2, esse castelo é um dos principais pontos turísticos da cidade e definitivamente precisa estar na sua lista de lugares para serem visitados. Nessa matéria nós vamos contar um pouco sobre a história desse importante local e sobre a visita que você pode fazer enquanto estiver em Dublin.

Castelo de Dublin

História do Castelo de Dublin

Entre os séculos 10 e 12, antes de existir o castelo, no local havia um forte viking que servia como base militar e espaço de troca. Então, com a invasão normanda, também no século 12, os vikings foram expulsos e os limites da cidade foram expandidos. Segundo pesquisas arqueológicas, os vestígios de um primeiro castelo, que existiu ali por volta de 1170, indicam que ele era feito de pedra e madeira. No entanto, somente entre 1204 e 1230, sob o comando do rei John da Inglaterra, que foi construído um grande e forte castelo, que era usado para defender a cidade. Com o passar do tempo, a arquitetura e os espaços foram sendo aprimorados, torres, capelas, jardins, entre outros, foram construídos, e o local teve várias utilidades, como centro de guerra e administração da colônia, residência, prisão, fabrica e loja de armas e etc.

História do Castelo de Dublin

Porém, dessa época só sobrou a Record Tower, pois todo o resto da estrutura foi destruída por causa do grande incêndio de abril de 1684. Depois dessa tragédia, o rei James começou a reconstrução do castelo, e muito do que se vê hoje lá, veio dessa era gregoriana. Durante alguns séculos, o local exerceu importantes funções políticas, militares e sociais (o foco da glamourosa vida social da elite irlandesa girava em torno do castelo). O Castelo de Dublin também teve importante papel na história mais recente da Irlanda. Foi lá que a Rebelião da Páscoa de 1916 começou, e, na Guerra de Independência da Irlanda, esse era um dos principais centros do exército britânico. Inclusive, no domingo sangrento (Bloody Sunday) de 1920, três membro do Exército Irlandês Republicano foram assassinados ali. Com a independeria, o castelo passou a ser usado como local de eventos e de administração, e, hoje, é um dos principais pontos turísticos de Dublin.

História do Castelo de Dublin


Visita ao Castelo de Dublin

Dentro do Castelo de Dublin existem os museus The Revenue Museum, que tem uma exposição interativa sobre a história das taxas e impostos da Irlanda, a Biblioteca Chester Beatty, um museu onde estão alguns dos principais livros e manuscritos da história da humanidade, e o The Garda Museum, que conta sobre a polícia na Irlanda. No seu interior também estão a bela Capela Real, uma construção gótica onde estão enterradas importantes figuras irlandesas, os Apartamentos Estatais, que originalmente eram usados como residencias, as Galerias Subterrâneas Medievais, onde é possível ver as ruínas do antigo forte viking, o Jardim Dubh Linn e vários outros impressionantes e chiques cômodos. Além disso, no castelo vários eventos, como o Festival Heineken Green Energy, e tours são organizados, então dê uma olhada na programação deles. Os horários de funcionamento e o ingresso para cada dia e parte do Castelo de Dublin são diferentes.

 Visita ao Castelo de Dublin

Não esqueça que o seguro viagem é obrigatório na Europa

Uma informação que é importantíssima para quem está planejando viajar para qualquer destino da Europa é sobre o seguro viagem internacional. Ele é obrigatório para poder viajar para lá. Se quiser saber mais detalhes veja nossa matéria sobre o Seguro Viagem para Europa, com tudo o que você precisa saber sobre o assunto, como funciona e dicas incríveis de como contratar um seguro viagem internacional excelente pelo menor preço. 

Dicas para economizar muito na sua viagem à Europa 

Não deixe de ver também nossa matéria com todas as dicas para economizar muito na Europa. São formas de economizar muito em sua viagem, em tudo o que for fazer. Desde o planejamento da viagem como hospedagem, seguro viagem, passagens, ingressos e transportes, até na hora da viagem com passeios, refeições e compras. Vale a pena conferir pois realmente é possível economizar muito.

Veja outras matérias legais de Dublin:

 
Top